Igreja Evangélica iraniana delata opressão do governo

| 08/01/2007 - 00:00


A Igreja Evangélica Iraniana disse que as autoridades do país têm oprimido seus membros. Sob uma nova medida do governo, os pastores da Igreja Evangélica, com as igrejas oficiais, deverão fornecer ao serviço de inteligência uma lista dos nomes das pessoas que possuem alguma função na igreja. Os pastores também precisarão de autorização das forças de segurança para realizar um culto.

Os cristãos são menos de 1% da população iraniana de mais de 68 milhões de pessoas.

Entretanto, registros não-oficiais mostram que o número de convertidos do islamismo à Igreja Evangélica continua a subir. Enquanto os cristãos católicos e ortodoxos gregorianos desestimulam as conversões, por temerem vinganças contra seus membros, os cristãos evangélicos são, na verdade, extremamente ativos na sociedade iraniana e acredita-se que o número deles esteja em crescimento.

No Irã, os cristãos evangélicos geralmente não recebem autorização do governo para praticar sua religião, e a maioria de suas igrejas é clandestina. Os fiéis são obrigados a celebrar os cultos em suas casas, o que é ilegal no Irã.

Desde a eleição de Mahmoud Ahmadinejad para a presidência em junho de 2005, houve uma significativa opressão aos cristãos, em particular aos membros da Igreja Evangélica. Pelo menos 50 membros da igreja foram presos desde então e continuam detidos sem julgamento.

O último ataque aos membros da Igreja Evangélica aconteceu antes de uma conferência que questionava a existência do Holocausto, realizada em 11 e 12 de dezembro. Na época, líderes dessa igreja denunciaram a prisão de seus membros em Teerã e no norte do país (saiba mais aqui).

As autoridades não deram nenhuma explicação oficial para a prisão dos membros dessa igreja protestante, os quais eram todos ex-muçulmanos. Outros membros dessa igreja suspeitam que o motivo da prisão foi a crítica que alguns deles fizeram à conferência patrocinada pelo governo, que questionava o extermínio de seis milhões de judeus durante a 2ª Guerra Mundial.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE