Governo australiano critica cartaz "Jesus ama Osama" de uma

| 04/02/2007 - 00:00


O primeiro-ministro australiano John Howard criticou, na úlitma quinta-feira, uma igreja batista de Sydney por exibir um cartaz com os dizeres Jesus ama Osama.

O cartaz, com um fundo de camuflagem militar, foi colocado na fachada da igreja de São Clemente, no subúrbio de Marrickville.

Sob a mensagem que afirma que Jesus ama o líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, também consta um trecho do capítulo 5, versículo 44 de Mateus: Ama teus inimigos e reza por aqueles que te perseguem.

Os responsáveis pela igreja alegam que a intenção é passar aos fiéis a idéia de que Jesus ama a todos, independente de quem seja.

Howard, no entanto, acha que a atitude da igreja está mal orientada.

Entendo a motivação cristã da igreja, mas espero que eles também entendam que muitos australianos, incluindo muitos cristãos, vão achar que a igreja deveria, nessa ocasião, se preocupar com outras prioridades.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE