Cristão chinês sai da prisão após cumprir sentença de três anos

| 08/02/2007 - 00:00


O ativista de igrejas domésticas de Pequim, Liu Fenggang, foi libertado depois de cumprir uma sentença de três anos de prisão em Zhejiang.

Liu Fenggang, agora com 48 anos, foi libertado e voltou para sua casa, em Pequim, no dia 5 de fevereiro. Ele havia sido preso em 13 de outubro de 2003 e sentenciado a 3 anos de prisão em 6 de agosto de 2004 por "fornecer informação nacional a organizações estrangeiras". Fenggang havia relatado a destruição de uma igreja doméstica para organizações estrangeiras. Durante sua prisão, o irmão Fenggang foi hospitalizado cinco vezes por sérias doenças no coração e diabetes.

Antes disso, em 1995, o irmão Liu passou dois anos no campo de trabalhos forçados por causa de seu trabalho nas igrejas domésticas.

A Associação de Ajuda à China está ajudando o irmão Fenggang a receber a ajuda médica adequada por suas condições. O irmão Fenggang pediu para que o reverendo Bob Fu (presidente da Associação) transmitisse sua gratidão pela ajuda que ele e sua família receberam durante sua prisão:

"Estou muito grato pela graça de Deus e pelas orações e cartas que meus irmãos de todo o mundo fizeram. Minha mãe morreu quando fui preso pela primeira vez em 1995, e meu filho cresceu sem mim nos últimos três anos. O sofrimento que minha esposa e meu filho tiveram que suportar não é nada comparado ao dos cristãos martirizados na China. Eu continuarei a defender essa causa justa para a qual eu fui chamado (falar em nome dos perseguidos)".


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE