Sacerdote é libertado no Iraque e Igreja denuncia perseguição

O sacerdote católico de rito caldeu iraquiano Nawzat Hanna, seqüestrado dia 19 de maio, em Bagdá, foi libertado ontem à noite por seus seqüestradores, segundo informou hoje o serviço de informação religiosa da Igreja italiana (SIR).

A agência católica não dá mais detalhes sobre a libertação do pároco da igreja de Mar Pithion, no bairro de Baladiyat. Ele havia sido seqüestrado quando saía da casa de um doente.

Em declarações à agência SIR, o arcebispo da cidade iraquiana de Kirkuk, Louis Sako, manifestou sua alegria pela libertação do sacerdote. Mas denunciou em clima de perseguição aos cristãos no país.

Leia mais no UOL.