Farc é suspeita de assassinar dois pastores evangélicos na Colômbia

Dois pastores evangélicos foram mortos por supostos guerrilheiros das Farc em um povoado do sul da Colômbia, informaram neste sábado (7) a polícia e fontes da igreja a que pertenciam.

Jael Cruz, 27, e Humberto Méndez, 63, morreram na sexta-feira (6) depois de um ataque de um grupo armado que invadiu suas casas. Os missionários foram obrigados a sair do locais e foram atingidos pelos tiros na rua, segundo o comandante da polícia, coronel Jorge Molina.

O oficial afirmou que "há indícios" de que os religiosos tenham sido assassinados por rebeldes das Farc, que os acusavam de auxiliar paramilitares.