"Somos cristãos", dizem crianças em exame de conversão ao is

| 02/08/2007 - 00:00


Dois meninos, ordenados a fazer uma prova escolar em que resultaria na conversão deles ao islã, escreveram "eu sou cristão" nos exames, mesmo sabendo que isso poderia significar o fim de seu acesso à escola. Agora o governo norte-americano está fazendo um lobby internacional para que os cristãos não enfrentem mais esse tipo de situação.

"O que trouxe o caso à atenção pública foi a recusa categórica das duas crianças em passar nos exames islâmicos e se converter ao islã, enquanto declaravam que "eles não negariam o cristianismo deles para se converter ao islã, a despeito das conseqüências", disse o porta-voz da Coptic News, Sam Grace.

Os meninos Mario Medhat Ramses e Andrew Medhat Ramses, de 12 anos, vão enfrentar um futuro sem educação, embora fossem classificados como estudantes "brilhantes" no Liceu de Alexandria.

Segundo Sam Grace, o Ministério da Educação do Egito ordenou que os meninos fizessem a prova que resultaria na conversão deles ao islã porque o pai deles deixou a família há aproximadamente cinco anos para se converter do cristianismo ao islamismo.

Família separada

Os pais, Medhat Ramses e Camélia Medhat, eram um casal cristão quando os meninos nasceram, mas o pai se divorciou da mãe, deixando para trás os filhos dele, e se converteu ao islã para se casar com uma muçulmana.

"A lei religiosa islâmica que foi adotada pelo governo civil no Egito requer que as crianças sigam a fé de qualquer pai que se converta ao islã, uma vez que o islã é visto como uma religião superior que abrigou todas as outras religiões", disse Sam Grace.

"Nós precisamos de todas as organizações de direitos humanos para tentar forçar o Egito a respeitar as convenções de direitos humanos e o Egito é um signatário de todas estas convenções", disse o porta-voz.

Sam Grace contou que os meninos estão servindo como diáconos na igreja cristã e que são muito dedicados ao cristianismo. A mídia egípcia, disse ele, retratou a situação como uma mãe que aplica pressão nos filhos dela para não se converterem.

Leia a história completa, em inglês, aqui.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco