Ore pelos cristãos paquistaneses que vivem no vale do Swat

| 05/10/2007 - 00:00


Cristãos do vale do Swat, província da fronteira noroeste, relatam que estão vivendo sob pressão crescente nos últimos meses por causa da fé que professam.

Um cristão que atende em uma pequena clínica médica foi forçado a fechar o centro e fazer apenas visitas domiciliares para evitar ataques. "Minha filha de 17 anos não pode sair sem usar  burca", disse um cristão local ao Compass. 

Dois meses atrás, militantes se aproximaram de guardas muçulmanos, contratados para fazer a segurança de um acampamento cristão, em Mingora, e exigiram que eles deixassem o seu posto.

"Eles são cristãos, por que vocês estão trabalhando com eles?" disseram os militantes aos guardas, de acordo com uma fonte local que pediu anonimato.

O acampamento foi fechado desde o dia 5 de julho, depois de uma incursão severa de militantes islâmicos na mesquita Vermelha (Lal Masjid), em Islamabad, o que provocou repercussões violentas ao longo do país.

Desde julho até hoje mais de 90 pessoas morreram nos ataques promovidos por militantes islâmicos em retaliação à ação na mesquita Vermelha, interpretada como uma ação de ingerência do ocidente.
 
Existem cerca de mil cristãos no vale do Swat. Ore pela segurança deles diante do atual clima de tensão entre muçulmanos e todos aqueles que são identificados como "ocidentais".


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE