Dia de orar e de protestar pelos irmãos da Coréia do Norte

| 01/12/2007 - 00:00


Aqui no Brasil haverá uma manifestação, hoje, dia 1º de dezembro, a partir das 9h30 da manhã até o meio-dia, na frente das representações diplomáticas da República Popular da  China contra o tratamento dado aos refugiados norte-coreanos que têm sido mandados de volta para seu país de origem.  A manifestação é organizada, pelo segundo ano consecutivo, pela Coligação Liberdade da Coréia do Norte. 

Se você não tem como ir até os locais do protesto, pode ao menos enviar um e-mail ou fax para:

Brasília - Embaixada da República Popular da China
Fax: (0--61) 346-3299
E-mail: chinaemb_br@mfa.gov.cn
Site: www.embchina.org.br

Por favor, para que possamos quantificar o número de protestos, envie uma cópia da sua manifestação escrita para o email: mobilizacaocoreiadonorte@gmail.com

Se quiser, siga o modelo abaixo, mas, lembre-se: não mencione Portas Abertas

Sua Excelência, o Senhor
Embaixador Chen Duqing,

De acordo com o Protocolo de 1967 relativo ao Estatuto dos Refugiados, da ONU, assinado pelo governo da República Popular da China, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) deveria ter acesso aos refugiados norte-coreanos que se encontram na China para protegê-los e ajudá-los a encontrar asilo em outros países como os EUA e a Coréia do Sul.

No entanto, o governo da República Popular da China tem enviado estes refugiados de volta à Coréia do Norte, onde eles enfrentam uma punição terrível, morte ou prisão por um longo período de tempo.

Temos conhecimento de que estas atitudes têm sido intensificadas enquanto a China se prepara para receber milhares de turistas e esportistas de todo o mundo para os Jogos Olímpicos de 2008, do qual será sede.

Esperamos ouvir em breve notícias de que as políticas de direitos humanos e os compromissos firmados em convenções internacionais pela República Popular da China estão sendo integralmente respeitados.

XXXXXXXX
Assinatura

Além do protesto, você também pode dedicar um tempo de oração. Veja alguns pedidos:

- Ore pelos projetos que a Portas Abertas mantém na Coréia do Norte e na China. Os irmãos que estão no campo arriscam suas vidas para fortalecer a igreja local e estão de baixo de intensa opressão. Peça por fortalecimento, proteção e estratégias.

- Ore para que possamos distribuir Bíblias e literatura cristã. O regime norte-coreano é tão fechado que os “cultos” chegam a ser ao ar livre e duram menos de um minuto. É apenas o tempo necessário para que um versículo seja decorado e transmitido a outro irmão em cristo.

- Estima-se que existam pelo menos 50 mil cristãos presos na Coréia do Norte. Interceda por essas vidas que sofrem constantes maus tratos nos campos de trabalhos forçados, não têm comida suficiente e vivem em condições sanitárias degradantes

Endereços dos protestos:

Rio de Janeiro
Consulado Geral da República Popular da China
Fax (0--21) 2551-5736
E-mail: chinaconsul_rj_br@mfa.gov.cn
Rua Muniz Barreto, 715, Botafogo,
Rio de Janeiro - RJ

São Paulo
Consulado Geral da República Popular da China
Fax (0--11) 3062-4396
E-mail: consuladodachina@terra.com.br
Rua Estados Unidos, 1071, Jardim América,
São Paulo - SP

Saiba mais sobre a situação deste país lendo o livro “Fuga da Coréia do Norte”, de Paul Estabrooks, que acaba de ser lançado pela Portas Abertas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE