Kapil está em risco, mas não abre mão de evangelizar

Kapil Sahoo, missionário da Gospel for Asia, continua a pregar a palavra de Deus mesmo com a esposa Harshini e seu filho de dois anos de idade em risco.

Ele trabalha entre os não alcançados em Maharashtra, na Índia.  Realiza um trabalho de evangelismo pessoal, visitação em casas e distribuição de materiais. Também lidera orações e reuniões ao ar livre.

Em julho, seu ministério chamou a atenção dos extremistas locais anticristãos. Em princípio eles o alertaram para que não evangelizasse mais.

Depois, as ameaças transformaram-se em ações concretas, uma vez que os extremistas pegaram Kapil e Harshini juntos num dia e os agrediram.

Poucas semanas depois, Kapil estava a caminho para liderar uma reunião quando extremistas o atacaram novamente. Dessa vez eles o agrediram com mais violência.

Kapil conseguiu escapar e então tentou dar queixa na polícia sobre o incidente.

Conivência velada

A polícia se recusou a acatar a denúncia e ainda o aconselhou a parar com a evangelização, a permanecer em sua casa e a não pregar mais nas praças.

Pouco tempo depois, Kapil começou a receber ameaças por telefone do grupo extremista. Apesar da oposição, Kapil não quis recuar ao chamado de Deus. Ele continua a compartilhar o evangelho com as pessoas nessa área.

Líderes da Gospel for Asia em Maharashtra pedem orações para Kapil, para que ele seja fortalecido diante das ameaças. Peça pela segurança de Kapil , Harashini e seu filho. E que o trabalho realizado por eles frutifique cada vez mais.