Natal 2007: O que isso significa para a liberdade de culto?

A liberdade de culto e a segurança dos religiosos se deterioraram muito no mundo durante o ano de 2007. A perseguição, e em alguns casos até a aniquilação plena, estão chegando a povos inteiros. A liberdade está em conflito com a repressão e a ditadura. Qual delas prevalecerá?

A agressiva colonização javanesa muçulmana na Indonésia em Papua Ocidental ameaça culminar no genocídio dos índios papua e principalmente dos cristãos melanésios. (Se essa tendência demográfica continuar, a previsão é de que os papuas serão uma minoria étnica e religiosa em 2011.)

O que garante o futuro dos cristãos do norte volátil do Iraque? O sul e o centro do Iraque já foram etnicamente e religiosamente limpos. O que acontecerá às centenas de milhares de refugiados cristãos espalhados ao longo do Oriente Médio tão pouco hospitaleiro?

A guerra sectária está tomando conta do Líbano. E a intolerância islâmica continua crescendo em todo o mundo, mas acentuadamente no Egito e no norte da Nigéria.

O que será o futuro para os sérvios ortodoxos em Kosovo? Uma região tão volátil e hostil? Será que a repressão da Al-Qaeda e dos talibãs avançarão pelo Afeganistão e Paquistão?

Por quanto tempo os cristãos hmong atravessarão a selva laosiana fugindo da perseguição, enquanto perdem familiares para a fome, a infecção e o terror? A combatividade hindu continua aumentando na Índia e o nacionalismo budista abastece a intolerância no Sri Lanka.

Será que a repressão se intensificará na China, no Vietnã, em Belarus e na Rússia?
Jesus prometeu: "Neste mundo vocês terão aflições, mas tende bom ânimo! Eu venci o mundo." (João 16:33) As dificuldades que nós temos neste mundo não são um problema mecânico que precisa de conserto.

A perseguição vem do diabo

Elas são conseqüência do pecado que se espalhou por toda a criação e nos separou de Deus. Reconciliação com Deus só é possível pela remoção de pecado, algo que o pecador não pode alcançar devido à natureza pecadora dele.

Por seu amor incondicional, o próprio Deus nos proveu o Cordeiro, seu único filho: Jesus, com a finalidade de pagar o preço por nossos pecados, um sacrifício perfeito, aceitável, santo (Hebreus 10:1-10).

Através da encarnação dele, obediência e ressurreição, Cristo resgatou a humanidade, lavando o pecado dos homens e permitindo a reconciliação com Deus.

Como recipientes limpos pelo sangue de Jesus pudemos nos tornar lugar de morada do Espírito Santo, que nos regenerou pela salvação, para vivermos em santidade e sermos bênção para o mundo.

‘Ora Deus nos dá muito mais do que pedimos ou imaginamos, de acordo com o seu poder que trabalha em nós’ (Efésios 3: 20,21).

O poder do corpo de Cristo

Os cristãos tendem a se sentir impotentes diante de guerras, genocídios e tragédias de ampla proporção, ameaças e desastres. Mas esta é mais uma mentira de Satanás, pois impotente nós não somos!

Por causa da encarnação, da ressurreição e do trabalho de redenção de Cristo, o Espírito de Deus está agora dentro de nós, fazendo da Igreja um só corpo mais poderoso e seu instrumento na terra.

Como seria bom se todos nós abraçássemos esta verdade! Deus determinou que os intercessores conduzidos pelo Espírito seriam seus instrumentos no curso da história para que sua Igreja seja usada para restaurar e abençoar o mundo.

Há muitas dificuldades neste mundo, mas tenha o seu coração apegado no Senhor, não seja enganado ou desencorajado, porque Cristo venceu o mundo.

Embora Jesus tenha nascido entre o mês de setembro e outubro, comemoramos o Natal em 25 de dezembro. Por isso, aproveite este dia para louvar ao Senhor!

· Agradeça a nosso Deus Pai pelo amor insondável dele, por ter enviado de presente para nós seu filho Jesus Cristo, o Messias, para nos resgatar do pecado.

· Ore pelos cristãos que se afastaram do exemplo de amor e humildade que Jesus nos deu.

· Peça para que o Espírito de Deus reaviva a Igreja com seu amor fraterno e unidade espiritual; de modo que tenhamos um compromisso baseado na santidade e na obediência; para que sejamos aquilo que Deus deseja de nós.

· Ore para que o Senhor abençoe todos os esforços de apoio e sustento aos cristãos perseguidos. E lembre-se dos casos descritos acima. Para que eles não desistam da fé e se mantenham cheios do amor, da confiança e da sabedoria de Deus.