Grupo extremista invade escola dominical

| 25/01/2008 - 00:00


A pastora Norma Siregar, da Igreja Dom de Deus em Bandung, em Java Ocidental, conta que um grupo chamado Aliança contra Conversões invadiu a igreja no momento que ela dava aulas de escola dominical.

Assustadas, as crianças começaram a chorar. Muitos objetos da igreja foram destruídos e jogados para fora. Um dos agressores ainda jogou uma Bíblia na pastora e a lançou ao chão.

“Essa é a Bíblia que você usa para tentar nos converter”, foi a frase usada pelo agressor, segundo o relato da pastora.

“Nós tentamos construir boas relações com os nossos vizinhos muçulmanos visitando-os e felicitando-os durante o Id al-Fitr (o banquete que marca o fim do mês de jejum do Ramadã). Somos cordiais e não impomos nossa crença. Mas o que nós fizemos parece inútil, porque a violência continuou", lamentou a pastora Siregar.

O reverendo Jeparin Marbun, da Igreja de Bethel em Bekasi, do lado oriental de Jacarta, conta que sua igreja é alvo constante de ataques.

"Um grupo de pessoas sempre perturba os cultos de domingo  fazendo barulho com latas vazias", diz ele.

"Eles já arrastaram os cristãos presentes e os lançaram para fora da igreja. Mas nós não quisemos responder violência com violência", observou.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE