Crianças são vítimas de conflito em Gaza, diz ONU

| 08/03/2008 - 00:00


O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, afirmou que os choques entre israelenses e palestinos em Gaza, e no sul de Israel, estão vitimando principalmente crianças.

Segundo o Unicef, pelo menos 17 menores morreram vítimas da violência. Mas, de acordo com agências de notícias, este número pode ter subido para quase 30 nos últimos dias.

Apelo

O apelo para proteger os menores foi reforçado pela Representante Especial do Secretário-Geral para Crianças em Conflitos Armados, Radhika Coomaraswamy. 

Abaixo, o boletim da repórter da Rádio ONU, Daniela Kresch, sobre a situação humanitária em Gaza:

"A agência da ONU para Refugiados Palestinos, Unrwa, apelou na última terça-feira para que israelenses e palestinos suspendam o "ciclo de ataques e contra-ataques" na Faixa de Gaza e voltem a dialogar.

Segundo a Unrwa, 234 palestinos morreram desde janeiro vítimas de ações militares israelenses.

Na última semana, foram 123 vítimas, entre elas 55 civis, incluindo 27 crianças.

Só no sábado, morreram 63 palestinos durante a ampla operação terrestre israelense em Gaza.

Do lado israelense, houve cinco mortes – quatro soldados e um civil atingido por um dos 258 mísseis e morteiros lançados por extremistas palestinos contra Israel desde janeiro.

Escolas

Ainda de acordo com o relatório da Unrwa, só 12 das 214 escolas da Faixa de Gaza estão funcionando devido à violência.

Em meio à crise em Gaza, a Suécia anunciou o aumento de US$ 1,5 milhão em sua contribuição para a Unrwa, em 2008.

No total, os suecos contribuirão com US$ 40 milhões este ano".

De acordo com o Unicef, mais de 50% dos habitantes de Gaza são crianças.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco