Atentado suicida atinge igreja e escola em Lahore

| 12/03/2008 - 00:00


Dois homens bomba que se explodiram ontem em Lahore, no Paquistão, mataram pelo menos 31 pessoas e fizeram cerca de 200 feridos. A ação de um deles atingiu uma igreja, um convento e uma escola cristã.

Quatro membros da Caritas ficaram feridos e dois morreram. O clima de instabilidade e insegurança na região é enorme, desde o atentado que matou a ex-primeira ministra do Paquistão, Benazir Bhutto, em dezembro.

A diretora da Caritas do Paquistão, Anila Gull, condenou o atentado que provocou "a morte indiscriminada de tantas pessoas e feriu muitas outras".

Marionetes

Segundo ela, os cristãos têm sido perseguidos e discriminados, porque são vistos como "marionetes do Ocidente". No texto distribuído a órgãos internacionais, a Caritas do Paquistão fez ainda um apelo em favor do fim da violência no país.

O presidente da Caritas Internacional, cardeal Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, em Honduras, enviou uma mensagem de solidariedade para a Caritas e a Igreja no Paquistão, expressando seu pesar pelo atentado e afirmando que o derramamento de sangue tenta desestabilizar esse país asiático.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE