Cristãos se dispõem a entregar suas vidas pelos norte-coreanos

| 17/04/2008 - 00:00


Um grupo de cristãos de uma grande igreja da Coréia do Sul está se preparando para ir para a Coréia do Norte assim que as portas se abrirem e dizem estar "preparados para serem martirizados por causa de sua fé". Johnny Kim, diretor da TV "Manmin" em Seul, fez esta revelação em uma entrevista durante a conferência NRB 2008 em Nashville, no Tennessee (EUA).

"Nós precisamos orar pelas pessoas da Coréia do Norte que estão sofrendo muito", disse Kim. "Sim, há pessoas na nossa igreja que devotaram suas vidas para pregar o evangelho na Coréia do Norte. Elas têm sido treinadas para ir para lá quando, e se, as portas se abrirem. Nós acreditamos que algumas pessoas poderão ser martirizadas se estiverem lá quando a porta se fechar de novo".

Apesar da recente tensão entre os dois países por conta do programa nuclear da Coréia do Norte, estima-se que a integração econômica entre as duas Coréias possa se estreitar em breve, o que incluiria a entrada de sul-coreanos no país a trabalho.

"Eles estão preparados para essa eventualidade e nós somos gratos a eles. Nós estamos ansiosos para ver o que o Senhor vai fazer com essas pessoas que planejam ir para a Coréia do Norte no futuro", disse o diretor de TV.

Poder da oração

A TV "Manmin" é parte da Igreja Manmin Joong-Ang, que conta com 100 mil membros. Kim revelou que a oração tem sido a chave para o crescimento da igreja.

"Eu acredito que, acima de tudo, a oração é muito importante", disse ele. "Nós, seres humanos, temos uma limitação na nossa habilidade e na inteligência, mas quando nós confiamos no Todo Poderoso Deus e obedecemos Sua palavra, coisas poderosas acontecem".

Ministério Manmin

Quando perguntado sobre como a TV "Manmin" começou e em quantas línguas ela é difundida, Johnny Kim disse:

"Bom, em primeiro lugar, deixe-me explicar o que Manmin significa", disse ele. "Vem do livro de Marcos, capítulo 16, versículo 15, que diz: ‘Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura’.

Manmin significa: ‘toda criatura; todas as nações; todas as pessoas’. Assim, o ministério da Manmin é pregar o Evangelho de Jesus Cristo para todas as nações e a todas as criaturas de Deus".
"A TV "Manmin" é um canal cristão que transmite o evangelho de Jesus Cristo para o mundo inteiro pela mídia eletrônica de forma eficiente e efetiva.

Visão

O Reverendo Jaerock Lee, pastor sênior e fundador da Igreja Manmin, teve a visão de pregar o evangelho até o fim do mundo com todas as metodologias possíveis, e a TV Manmin foi fundada e estabelecida com essa base.

"Eu comecei o ministério nesta televisão no ano 2000", contou Johnny Kim. "No momento, nós transmitimos a programação em nove línguas ao mesmo tempo, incluindo coreano, inglês, chinês, francês, russo, entre outras. Nós temos intérpretes que traduzem cada programa à língua local".

Johnny Kim disse que os ingredientes importantes para cada programa são os sinais e os milagres.

"É muito importante pregar o evangelho com evidências tangíveis, assim as pessoas acreditarão que a Bíblia é verdadeira, que Jesus Cristo é o único Salvador e que Deus está vivo e continua fazendo suas obras", concluiu.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE