Extremistas conclamam o povo a destruir lugares de culto cristãos

Segundo a agência de notícias “AsiaNews”, desde a manhã do último domingo (24), milhares de hinduístas, ligados ao grupo militar Vishwa Hindu Parishad, estão engajados em ações violentas contra os cristãos, arrasando igrejas e capelas para vingar o assassinato do seu líder, Swami Laxanananda Saraspati, ocorrido no sábado.

Os movimentos radicais hinduístas acusaram a parte cristã da população de ter organizado o homicídio do líder fundamentalista e conclamam a multidão a destruir os lugares de culto da comunidade cristã.

A organização de Laxanananda é famosa pela sua oposição ao compromisso dos cristãos e culpa bispos, sacerdotes e irmãs de proselitismo. A zona desses conflitos é o distrito de Kandhamal, onde em dezembro passado três cristãos perderam a vida e mais de 90 igrejas, entre protestantes e católicas, foram incendiadas (leia mais). 

Ontem, a polícia indiana informou que supostos extremistas hindus atearam fogo em um orfanato dirigido por missionários cristãos no leste da Índia, matando uma freira e ferindo gravemente um padre. O superintendente de polícia Ashok Biswal disse que o ataque ocorreu na localidade de Khuntapali, no Estado indiano de Orissa.

Já houve ataques de extremistas hindus contra missionários cristãos em Orissa no passado. Em 1999, o missionário australiano Graham Staines e dois filhos dele foram mortos por uma multidão que ateou fogo no carro em que estavam (leia mais).

Pedidos de oração:

- Ore contra esta ofensiva do inimigo. Que todos os boatos e mentiras que culpam os cristãos pela morte de um extremista sejam desfeitos e a verdade prevaleça.

- Ore contra essa onda de violência e degradação de orfanatos, igrejas e escolas cristãs. E peça para que o Senhor dê aos cristãos perseguidos a força e o amor necessários para suportar os sofrimentos sem revidar.

(Texto acrescido de informações da agência Efe)