Filho de pastor encontra-se em condições críticas após ser espancado

Zhang Jian, o filho mais velho do pastor Zhang Mingxuan, apanhou cruelmente dos funcionários do Comitê de Segurança Pública (PSB) enquanto estava no apartamento de seus pais em Pequim, no dia 16 de outubro.

Xie Fenglan, sua mãe, declarou que 15 funcionários do PSB entraram na sua casa e trancaram todas as portas antes de bater cruelmente em Jian com barras de ferro, por 25 minutos.

Como Jian sangrava muito, sua mãe chamou uma ambulância. No entanto, a recepcionista do hospital lhe informou que uma pessoa do alto escalão do governo deu a ordens de que nenhuma ambulância fosse enviada para socorrer o seu filho, por estar ligado ao pastor Zhang Mingxuan.

Fenglan chamou seu filho mais novo, Zhang Chuang, que foi correndo para o apartamento. Lá, ele também agredido.

Depois de algum tempo, um amigo íntimo da família Zhang, que tinha condições de levar Jian para o pronto-socorro de Ming Hang em Pequim, deixou Jian em um quarto de hospital, onde ele está atualmente.

 O médico de Jian disse que ele pode perder a visão do olho direito por causa dos danos irreparáveis causados pela agressão.

O pastor Mingxuan, que estava viajando pelo distrito naquele momento, não foi localizado. Presume-se que ele tenha sido preso pelas autoridades.

Fenglan foi expulsa do apartamento alugado assim que Jian foi enviado ao hospital.

A mobília da família foi jogada na rua. As autoridades do governo ordenaram a todos os hotéis de Pequim que não hospedem Fenglan. Ela está agora na casa de Fan Yafeng, líder de uma igreja não registrada em Pequim. Fan Yafeng é um acadêmico e defensor dos direitos humanos mundialmente reconhecido.

Durante os últimos 22 anos, o pastor Mingxuan e sua família têm sido presos, agredidos e despejados de suas casas inúmeras vezes por causa do cristianismo. Mesmo assim, ele e a sua família continuam a servir à igreja não registrada em Pequim.