Adiada novamente, audiência de Hamid é agendada para amanhã

| 04/11/2008 - 00:00


O julgamento do pastor batista Hamid Shabanov, que começou em julho deste ano, está marcado para recomeçar amanhã, 5 de novembro.

O caso foi aberto em 22 de julho. Foi solicitado um tempo para investigação, durante o qual o pastor Hamid permaneceu preso. Após esse período, duas datas foram marcadas para uma nova audiência – 28 e 31 de outubro – mas nenhuma delas aconteceu.

A audiência de 31 de outubro foi adiada porque a promotoria recusou-se a dar permissão à defesa para acessar os documentos do caso. Tais documentos foram entregues ao advogado do pastor Hamid apenas no dia 31.

A audiência de 28 de outubro não aconteceu porque a polícia não levou o pastor Hamid até o tribunal. Uma vez que o pastor está sob a custódia da polícia, é dever dela levá-lo ao tribunal (saiba mais).

O advogado do pastor Hamid, Mirman Aliev, queixou-se da longa e exaustiva investigação e dos repetidos atrasos. Mirman tem de viajar da capital Baku até Zakatala para as audiências. Se for utilizar o transporte público, pode levar até dez horas para percorrer cada trecho.

Para Mirman, as autoridades estão propositalmente atrasando as audiências e atrapalhando o andamento do caso.

Se for condenado, Hamid pode ser sentenciado a até três anos de prisão. Ele está sendo acusado de porte ilegal de armas. Sua família e igreja, entretanto, dizem que as provas que levaram à acusação foram forjadas (saiba mais).


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE