Um avanço para a igreja não registrada chinesa?

| 15/12/2008 - 00:00


No simpósio do mês passado sobre as igrejas não registradas, autoridades governamentais indagaram órgãos, estudiosos do Estado e de universidades, pesquisadores independentes e uma delegação inédita de seis líderes de igrejas não registradas de Pequim, Henan e Wenzhou

Na inovadora conferência, os participantes discutiram cada aspecto do movimento da Igreja não registrada na China.

A conferência patrocinada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento das Minorias do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento do Conselho do Estado da China, e pelo Instituto de Pesquisa de Ciências Sociais e Soluções Pacíficas de Pequim. O simpósio era intitulado “Cristianismo e Harmonia Social: um seminário sobre as igrejas não registradas chinesas”.

As estatísticas foram o assunto principal, com maior concordância de que o número de membros de igrejas não registradas era enorme e crescia rapidamente. Estimativas variam de 50 milhões a 100 milhões de membros de igrejas protestantes não registradas, em comparação aos quase 20 milhões de membros das igrejas registradas.

Os representantes foram ousados em sua discussão e crítica sobre a política religiosa da China, e muitos apresentaram planos práticos para a abolição de instituições como a Administração Estatal para Assuntos Religiosos (ex-Comitê de Assuntos Religiosos) e o protestante Movimento Patriótico das Três Autonomias.

Eles também pediram por discussões sérias e contínuas entre o governo e as igrejas não registradas. Os líderes cristãos solicitaram que se suspendesse a proibição das igrejas não registradas e que se revisassem as restrições para registro de igrejas e nomeação de pastores.

Muitos participantes concordaram que o gerenciamento democrático das igrejas não registradas em concordância com a legislação foi um passo lógico para alinhas a política religiosa à aberta política econômica chinesa.

Enquanto alguns setores da liderança podem receber de bom grado essas sugestões, espera-se que outros, incrustados no sistema ateísta do Partido Comunista, impeçam tais reformas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE