Site com conteúdo cristão é bloqueado

No dia 29 de novembro, o Ministério de Assuntos Islâmicos das Maldivas anunciou que bloquearia um site nos idiomas dhivehi e inglês que estaria promovendo o cristianismo entre os maldívios.

Quando a agência de notícias independente Minivan News, das Maldivas, procurou interrogar o ministro de Assuntos Islâmico, Dr. Abdul Majeed Abdul Bari, sobre a censura e o conteúdo do site, o ministro não quis se pronunciar.

Fazendo, então, sua própria averiguação, Minivan News fez uma busca pelo site na internet e descobriu o www.sidahitun.com, que continha material sobre Jesus Cristo e canções cristãs em dhivehi. Na manhã seguinte, o acesso ao site estava bloqueado.

Minivan News relatou: "O xeique Ibrahim Fareed Ahmed, conhecido por seus sermões inflamados, concordou que todos os sites anti-islâmicos fossem censurados. Embora essa seja uma sociedade islâmica, a fé de alguns maldívios no islamismo não é muito forte”.

Sendo assim, a agência de notícias concorda que se essas pessoas tiverem acesso a sites como esse, poderiam ser impactadas.

Segundo Minivan News, o erudito xeique Usman Abdullah também disse que, uma vez que a Maldivas é reconhecida como uma sociedade inteiramente muçulmana, todas as atividades anti-islâmicas, inclusive sites que promovem o cristianismo, devem ser proibidas.