Rei doa terreno para construção de igreja

O governo de Barein doará um terreno para a construção de uma nova igreja católica no país.

A decisão tomada pelo rei Hamad bin Isa Al-Khalifa foi em resposta a um pedido feito pelo papa Bento XVI em 18 de dezembro.

Em audiência com Naser Muhamed Youssef Al-Belooshi, primeiro representante de Barein no Vaticano, o papa comentou: “Todos estão cientes de que, com o aumento do número de católicos em Barein, seria desejável que tivessem mais templos”.

Aproximadamente 80% dos 800 mil habitantes de Barein são muçulmanos (60% sunitas e 20% xiitas). Os católicos representam 10%, a maior parte deles é de estrangeiros asiáticos.

Barein foi o primeiro país do Golfo Pérsico a construir uma igreja católica, a Igreja do Sagrado Coração, que celebrará o seu 70º aniversário neste ano. Ela foi inaugurada com uma missa da meia-noite no Natal de 1939.

A relação entre o Vaticano e a monarquia de Barein melhorou significativamente em 2008. Além de o Vaticano receber pela primeira vez um embaixador do país, o rei Hamad visitou o papa.

Quando ouviu que a comunidade católica ganharia um novo lugar para construir um templo, o reverendo Hani Aziz, da Igreja Evangélica Nacional, disse que esperava que o rei doasse também um terreno para a construção de uma nova igreja evangélica.