Freiras sequestradas em novembro são libertadas

| 02/03/2009 - 00:00


Duas freiras que trabalhavam no nordeste do Kenya, sequestradas em novembro de 2008, foram libertadas e chegaram a Mogadishu, Somália, no dia 19 de fevereiro, ainda traumatizadas.

Caterina Giraudo, 67, e Maria Teresa Oliviero, 61, italianas, estão recebendo tratamento médico, e líderes da igreja católica romana estão providenciando aconselhamento espiritual. O pastor Alois Maina, amigo das freiras, disse que um representante do papa e o cardeal do Kenya estão entre os conselheiros,.

O padre Bongiovanni Franco, que trabalhava com as irmãs em Mandera disse que estão muito cansadas. “A ida de um lugar para o outro, e o confinamento durante a estadia em Mogadishu parece ter afetado a saúde delas – era como uma cela de prisão”, diz. ”Além da atenção espiritual dada a elas, faz-se necessários diversos exames médicos.”

As freiras foram sequestradas em Elwak, perto de Mandera, e levadas pela fronteira até a Somália. Vinte homens somalis, suspeitos de fazer parte do grupo al Shabaad – possivelmente ligado ao al Qaeda – atacaram as freiras durante a noite, usando três veículos (saiba mais).

O padre Franco afirma que as freiras se relacionavam de maneira amigável com os muçulmanos enquanto estavam na Somália.

“Obrigado por suas orações e preocupação – com certeza ajudou nossas irmãs a serem libertadas. Já completamos nosso tempo de oração com elas. Agora, estamos planejando realizar um retiro de dois dias”, diz o padre.

A delicada questão de segurança das duas freiras não permite que sejam entrevistadas. Pelo telefone, a irmã Giraudo disse: “Estamos muito felizes. Fomos bem tratadas e estamos bem.”

Fontes afirmam que as duas irmãs estão em algum lugar em Eastleigh, alguns quilômetros da cidade de Nairobi.

No Kenya desde o início dos anos 70, as freiras cuidavam das crianças, idosos e gestantes, fornecendo ajuda médica e nutricional.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE