232 escravos sudaneses são libertados

| 01/06/2009 - 00:00


Na sexta-feira, 29 de maio, a agência de notícias Christian Solidarity International (CSI) publicou uma reportagem sobre a libertação de 232 sudaneses no início deste mês. Os escravos – cristãos e membros tradicionais da tribo Dinka – foram libertados de senhores árabes em Darfur e Kordofan. Os cativos foram repatriados para sua terra natal no norte do Sudão. A escravidão desses não-muçulmanos aconteceu durante uma jihad na guerra civil do norte contra o Sul, de 1983 a 2005.

As entrevistas realizadas com os 232 escravos revelam abuso físico e psicológico. Eles afirmam ter sido agredidos, ameaçados, estuprados, mutilados, sofrido conversão forçada ao Islã, insultados pela raça e religião. Alguns relatam a execução de colegas presos.

Ore pelos sudaneses, para que restabeleçam em paz, e sejam curados na mente e no corpo.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE