Mali é sede de encontro inter-religioso internacional

| 26/07/2009 - 00:00


O papel fundamental da religião ao enfrentar os desafios planetários atuais e futuros esteve no centro de um encontro internacional sobre o diálogo inter-religioso, realizado em Bamaco, no Mali, organizado pela Associação Nacional Para a Paz e a Salvação (AMPS).

Líderes religiosos cristãos e muçulmanos de diversos países africanos reafirmaram, em especial, a importância do diálogo entre as duas crenças para estabelecer uma coexistência pacífica, marcada pela tolerância e pela solidariedade, pré-condições para o desenvolvimento econômico.

Dirigindo-se a religiosos e representantes políticos de 10 países (Mali, Nigéria, Chade, Senegal, Mauritânia, Costa do Marfim, Níger, Burkina Fasso, Argélia e Guiné), o presidente da AMPS, Imã El Hadji Mahamadou Diallo, destacou que "para desenvolver boas relações, é necessário basear-se no contexto socioeconômico próprio de cada país, sem importar modelos de intolerância desenvolvidos em outros países".

Por sua vez, os representantes da Igreja Católica em Mali, Jean-Mari Traoré, e da Igreja Protestante, Daniel Coulibaly, afirmaram que "sem diálogo inter-religioso não existe segurança, não existe paz e, portanto, nem mesmo desenvolvimento".

O presidente do Parlamento de Mali, Dioncounda Traoré, lançou um apelo a favor de um diálogo permanente entre indivíduos e países de religiões diferentes, "multiplicando as ocasiões e os espaços de intercâmbio entre as duas religiões monoteístas", para afastar o perigo de conflitos. (BF)


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE