Igreja cultua fora do templo pela nona semana consecutiva

| 14/08/2009 - 00:00


No dia 9 de agosto, membros da igreja Autumn Rain, da cidade de Chengdu, província de Sichuan, cultuaram fora do templo pelo nono domingo seguido, desde que a igreja foi banida pelas autoridades chinesas em 21 de junho. O governo local tem enviado oficiais para supervisionar e monitorar as atividades da igreja em todas as reuniões externas. No último domingo, o pastor Wang Yi pregou que “Martin Luther King conduziu 50.000 afro-americanos em Montgomery em uma marcha de 380 dias. Se o Senhor permitir, vamos cultuar 380 dias ao ar livre, com a mesma atitude dos 50.000 irmãos norte-americanos”.

No dia 21 de junho, as autoridades baniram a igreja Autumn Rain como uma “organização social não registrada”, e bloqueou as entradas do prédio em que a igreja costumava se reunir. Os membros pediram que o fechamento de sua igreja fosse reconsiderado. No dia 21 de julho, o Escritório de Assuntos Civis convocaram o pastor Wang Yi e disseram que eles haviam sido instruídos a corrigir o erro na decisão de abolir a igreja Autumn Rain. No entanto, as autoridades continuam a proibir que os cristãos se reúnam em seu prédio, alugado legalmente. Lembre-se desses irmãos em suas orações.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE