Líder hindu é preso por envolvimento em violência anticristã

A polícia no Estado de Orissa prendeu Madhu Baba, o líder hindu do Viswa Hindu Parishad (VHP), e braço direito de Swami Laxmananda Saraswati, cujo assassinato causou a violência anticristã em agosto de 2008.

No dia 18 de outubro, a polícia levou Madhu Baba de Jalespeta Ashram, a aproximadamente 310 km de Bhubaneswar, para a prisão de Baliguda, onde está sob custódia. O tribunal não deu direito à fiança.

Fontes na polícia argumentam que a prisão “não tem nada a ver com a violência extremista do ano passado”, e afirmam que receberam informações de ameaças e possíveis novos ataques às minorias.

No entanto, o líder hindu é acusado de participar de um ataque que aconteceu há mais de um ano. No dia 8 de julho de 2008, os aldeões cristãos de Malipara, foram atacados por ativistas ligados a Madhu Baba, que acusaram os cristãos de matarem uma vaca, o que é proibido pelas regras religiosas hindus.