Celebração de Natal sem precedentes é realizada no país

Cristãos informaram que cerca de 40.000 pessoas se reuniram na cidade de Ho Chi Minh para adorar a Deus, celebrar o Natal e ouvir o evangelho – um evento sem precedentes no Vietnã.

Um site vietnamita cristão e outras matérias publicadas indicam que 8.000 pessoas responderam à mensagem do evangelho, rendendo suas vidas a Jesus.

Nos últimos dois anos, as autoridades deram permissão para que igrejas não registradas em Ho Chi Minh realizassem cultos públicos, e ano passado mais de 10.000 pessoas participaram de um evento no estádio Tao Dan.

Este ano, líderes de igreja visionários entraram em contato com o governo em outubro e pediram por um ginásio de esportes com 30.000 lugares, mas o pedido foi recusado. As autoridades ofereceram outro local, para 3.000 pessoas, localizado a 13 km da cidade. Isso foi inaceitável para os organizadores. Eles pressionaram os governantes, que lhes deram uma garantia verbal de que poderiam utilizar um ginásio para 15.000 pessoas.

A promessa não se tornou em um documento oficial que é necessário no país – os líderes das igrejas dizem que tais promessas são vazias até “que tenhamos a permissão em nossas mãos”.

Liderados pelo pastor Ho Tan Khoa, diretor de uma organização de igrejas não registradas, os organizadores foram forçados a procurar alternativas. Eles encontraram um lugar aberto no distrito de Go Vap. Quando ainda não havia permissão nenhuma, faltando cinco dias para o evento, muitos pastores acamparam três dias em frente à prefeitura, esperando uma resposta.

As autoridades, que normalmente sabotam a união entre os cristãos do país, tentaram encontrar meios para que o evento fosse cancelado, prometendo que futuramente dariam a permissão necessária, mas os organizadores permaneceram firmes.

No dia 9 de dezembro, ao encerrar o expediente, 48 horas antes do evento, os oficiais concederam a permissão necessária. No entanto, ela valeria apenas para 3.000 pessoas, e eles haviam convidado um número muito maior.

Os organizadores tinham menos de dois dias para transformar um campo aberto em algo que poderia acomodar uma multidão. Eles tiveram que levar energia elétrica, construir um palco, alugar 20.000 cadeiras e arrumar o som e a luz. Isso fez com que os contratados dobrassem o valor dos serviços. Os pastores alugaram diversos ônibus para levar os cristãos e seus amigos não cristãos para participar das celebrações. A polícia tentou parar os ônibus, mas não conseguiram impedir os muitos cristãos que compareceram ao evento.

Os cristãos descreveram o evento chamado “Com todo o nosso coração”, de forma incomparável. Para as igrejas não registradas, grandes reuniões são raras e especiais e, para muitos, essa foi a primeira demonstração da força do movimento cristão no Vietnã, sempre crescendo. Milhares de cristãos se uniram a um coral de mais de mil vozes em louvor e adoração.