Venha celebrar um momento histórico da Missão Portas Abertas

O ano 2010 começa com força total aqui na Missão e você é o principal convidado para nosso primeiro grande evento do ano. Conforme anunciamos na revista deste mês, em 20 de janeiro, celebraremos nosso culto oficial de ação de graças e posse pública do novo secretário geral, pr. Carlos Alfredo de Sousa.

Será um momento histórico pois, há 19 anos, não tínhamos uma mudança desta ordem na Missão.  Um momento de celebrar o que passou e de projetar o muito mais que está por vir. Será uma oportunidade de você dar um abraço de despedida no ex-secretário e de, pessoalmente, dar as boas vindas ao novo secretário.

O oficiante da posse e pregador da noite será o pr. Hector Tamez, um dos líderes na Portas Internacional entre 1980 e 2007. Nesse período, Hector foi o correspondente internacional que mais vezes veio ao Brasil para engajar nossa Igreja com a Igreja Perseguida. Hoje com 69 anos, Hector mora e ministra no México, seu país de nascimento, e virá ao Brasil especialmente para participar deste momento histórico.

Por tudo isso, não podemos nem pensar em não ter você para viver esse momento conosco. Venha e traga seus melhores amigos, pois, além de celebrarmos, será uma oportunidade única de engajá-los com a Igreja Perseguida.

Mais uma vez, obrigado por estamos juntos servindo cristãos perseguidos. 

Culto de ação de graças e posse pública do novo secretário geral

DATA: 20 de janeiro de 2010, às 20h.
LOCAL: Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo
Rua Nestor Pestana, 136 – Consolação – São Paulo – SP

Falas oficiais: 

Aguinaldo Cajaíba, presidente do conselho da Missão
Carlos Alfredo de Sousa, novo secretário geral
Douglas Monaco, ex-secretário geral
Hector Tamez, pregador da noite

PARTICIPE E TRAGA UM AMIGO QUE NÃO CONHECE A IGREJA PERSEGUIDA!

*O Culto será transmitido ao vivo pela internet, no site: http://catedralonline.com.br/portal/modules/mastop_publish/?tac=Culto_Ao_Vivo

*Confira a agenda do pastor Héctor Támez em sua visita ao Brasil.