Jovem cristão é agredido e arrastado nas ruas de vilarejo

| 14/06/2010 - 00:00


Mesmo com a paz retornando vagarosamente para o distrito de Kandhamal, o Estado de Orissa continua a ser um cenário de violências anticristãs. Recentemente, um jovem cristão foi agredido, torturado e arrastado em seu vilarejo, onde os agressores o submeteram a uma cerimônia de reconversão ao hinduísmo.

O incidente, que ocorreu no distrito de Nuapada, aconteceu quando seis extremistas hindus atacaram um jovem cristão de 19 anos, Bhakta Bivar, em sua própria casa. Eles invadiram e roubaram o local, e o deixaram gravemente ferido, mas não continuaram em seu plano de matá-lo e sua família inteira, pois os pais de Bhakta, Neheru e Budhabari Bivar, não estavam em casa.

Durante o crime, os agressores roubaram quatro Bíblias. Antes de arrastarem o jovem para fora da casa, eles o torturaram. Em seu caminho para o templo hindu, eles o agrediram. Já dentro do local, entre chutes, tapas e insultos, eles o “reconverteram” ao hinduísmo.

A polícia local começou a agir apenas no dia seguinte. O superintendente Bibek Rath prendeu cinco dos seis assaltantes, Siba Prasad Jha (22), Bijoy Punji (20), Samita Patra (23) e Jasobanta Ada (20), registrou uma acusação, e depois os deixou ir embora.

Sajan K. George, presidente nacional do Global Council of Indian Christians, disse para a Asia News que esse tipo de violência não é aleatória.

“Há interesses escondidos por trás das ameaças e violência contra a comunidade cristã em Orissa. Justamente quando a comunidade estava aprendendo a viver uma vida normal após os ataques de 2008, enfrentamos esse tipo de violência.”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE