História da Portas Abertas - relato Deryck Stone

Em abril de 1971, quando o Irmão André visitou pela primeira vez o país, ele me convidou para chefiar a Portas Abertas. Oramos a respeito disso, minha esposa e eu, e decidimos continuar na igreja e não nos envolvermos em período integral com a Portas Abertas, mas prometemos a ele que faríamos o possível para estabelecer a organização na África do Sul, o que realmente fizemos.

E foi aí que nos envolvemos. Em agosto daquele ano, o Irmão André nos pediu para termos algumas reuniões em nossa igreja com uma organização chamada Jovens com uma missão (JOCUM) e foi assim que a organização também se estabeleceu na África do Sul.

E aí, trabalhando entre a Jocum e a Portas Abertas dirigimos um grupo de líderes, cerca de 70 pessoas no total, nas Olimpíadas de 1972. Isso fez com a Portas Abertas e a JOCUM se firmassem na Igreja da África do Sul.