Jovem batista é preso por não fazer juramento militar

| 02/07/2010 - 00:00


A agência de notícias Forum 18 News relatou que Armen Mirzoyan, um jovem batista em Nagorno-Karabakh, local internacionalmente não reconhecido no sul de Cáucaso, Azerbaijão, foi condenado a um ano de prisão por se recusar a realizar o juramento militar e entregar armas durante seu serviço militar obrigatório.

Em uma matéria de Felix Corley, o jornalista citou a fala de Gagik, irmão do jovem, que também foi preso pelas mesmas acusações, e sentenciado pelo mesmo juiz: “Por que ele foi condenado por seguir a Bíblia?”.

A mãe deles, Anna, disse: “Eu perguntei para os oficiais por que eles tratavam os cristãos dessa maneira, e eles responderam que seguem as leis do Karabakhm e ninguém pode dizer para eles o que devem fazer”.

Enquanto isso, a polícia confiscava materiais cristãos dos membros da Igreja Evangélica Fogo do Avivamento.

Invasões e multas em igrejas protestantes e outros grupos religiosos continuam. “Os cidadãos são livres para escolher sua religião e culto”, afirmou o Ministro Vardan Barsegyan, mas esses últimos acontecimentos parecem contradizer essa declaração.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE