Ore pelos pastores indianos, vítimas de ataques frequentes

| 10/07/2010 - 00:00


Na Índia, extremistas muçulmanos continuam a atacar pastores cristãos, utilizando leis anticonversão como uma desculpa para atacar os cristãos e limitar as atividades nas igrejas.

A organização Release International (RI) relatou em uma matéria recente que dois pastores, Shidu Kurialose e Nithya Vachanam, da Igreja Assembleia de Deus Betel, foram gravemente feridos e carros foram queimados por causa de acusações de conversão forçada.

Os pastores foram feridos quando homens os atacaram com barras de ferro em Chandapura, Karnataka, os acusando de converter pessoas ao cristianismo à força. Depois do ataque, eles foram levados para um hospital.

Antes do ataque outros extremistas incendiaram sete carros pertencentes à igreja Pentecostal Jesus Conosco em Mathikere, Tamil Nadu. Isso aconteceu para impedir a igreja de realizar um congresso de quatro dias.

Além disso, em Uttar Pradesh, extremistas hindus invadiram a Igreja de Jesus em Firozabad, e ameaçaram machucar o pastor Breymond Shastri se ele continuasse a liderar os cultos. Eles disseram que iriam publicar uma história no jornal, afirmando que o pastor convertia pessoas à força.

A Release International pede oração “para que a Igreja na Índia permanece firme em sua fé, e para que os políticos e legisladores ajam com justiça, punindo os extremistas que acusam falsamente os cristãos de conversão forçada.

É importante notar que oito Estados indianos – menos um, o estado de Tamil Nadu – já aceitaram a sharia como lei.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE