Portas Abertas lança projeto para ajudar vítimas das enchentes no Paqu

| 31/08/2010 - 00:00


As enchentes no Paquistão afetaram 14 milhões de pessoas, deixando mais de 1.600 mortos – e os números não param de subir.

A Portas Abertas trabalha há alguns anos com os cristãos perseguidos da região, mas com grupos pequenos. Essa catástrofe, fruto da natureza, acabou por agravar a situação da Igreja, tornando-a mais vulnerável ainda à perseguição e à discriminação.

As mesquitas são os únicos abrigos disponíveis. Uma vez lá, os cristãos são pressionados a se converter ou a conviver com a possibilidade de serem acusados de blasfêmia.

A Igreja tem presença significativa em três áreas afetadas pelas enchentes: Pakhtunkhwa, sul de Punjab e Sindh. Há cerca de 1.500 famílias cristãs nesse território.

Ajuda emergencial

O objetivo da Portas Abertas é providenciar ajuda emergencial a curto prazo a fim de fortalecer a Igreja em longo prazo.

Portanto, uma equipe irá às áreas afetadas para suprir as necessidades básicas dos cristãos, demonstrando-lhes o amor de Cristo por meio de visita, atendimento médico e discipulado.

Nosso principal desafio é encontrar acesso às áreas afetadas mais remotas. Contaremos com a ajuda da comunidade local para isso.

Foi estimado um custo de R$ 312,58* para amparar uma família de 6 pessoas durante um mês. O objetivo da Portas Abertas Internacional é sustentar as 1.500 famílias da região durante três meses (de setembro a novembro).

Para fazer sua contribuição clique aqui. 

*Cotação do dólar a R$ 1,76


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE