Autoridades definem execução de pastor por apostasia

| 25/10/2010 - 00:00


O pastor cristão Yousef Nadarkhani foi acusado de apostasia, o que implica na sentença de morte no Irã. Autoridades dizem que ele seria executado no domingo, dia 24 de Outubro. Sua esposa foi sentenciada a prisão perpétua.

Youcef liderava uma das maiores comunidades protestantes iranianas e foi marcado por converter muçulmanos a Cristo.

Ele foi preso no começo do mês após a negar a decisão de autoridades locais que o forçava a ler a Alcorão a crianças cristãs.

No domingo, cristãos e ativistas dos Direitos Humanos ainda apelavam pela liberdade do casal.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE