Ore pela viúva Pauline Ayyad e sua família

| 12/05/2011 - 00:00


O assassinato de Rami Ayyad, em outubro de 2007, impactou profundamente a pequena comunidade cristã em Gaza, mas principalmente sua própria família: Pauline, seus dois filhos e, na época, o bebê prestes a nascer. Eles têm que conviver com o fato de que Rami foi assassinado por ser cristão e gerente de uma livraria cristã em Gaza.

Um dos colaboradores da Portas Abertas compartilha sobre a atual situação da família: “Ela passou por tempos muito difíceis, em que o luto dominou sua vida. Agora, ela abriu um espaço para que Deus derrame Sua graça e a restaure. Pauline mencionou que sabia que Deus se importa, e que coloca um desejo de orar por ela e por seus filhos no coração das pessoas”.

Mesmo com todas as orações e a atenção dada a eles, as crianças continuam lutando com a falta que sentem de seu pai. Pauline e sua família ainda precisam de nossas orações. É difícil para ela lidar com a perda de seu marido e criar seus filhos, levando em conta que eles precisam de mais atenção por causa da morte do pai. Ore especialmente pelo filho mais velho, George, que precisa de muitos cuidados e atenção especial.

Conheça mais sobre a história de Pauline Ayyad.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE