Notícias do Iraque

| 03/01/2017 - 00:00


03-iraque-ruinas-cidade.jpg

A igreja no Iraque está na expectativa de que 2017 seja um ano de vitória em relação ao posicionamento do governo contra o Estado Islâmico (EI). Os últimos dois anos foram difíceis, quando a nação enfrentou os ataques mais violentos dos extremistas. Milhares de pessoas morreram e há muitas famílias vivendo deslocadas.

O EI atacou um posto de controle da polícia iraquiana, perto da cidade de Najaf, no sul do país, no primeiro dia do ano, matando sete policiais. A cidade curda de Erbil vai receber ajuda da França que vai entregar mais de 38 toneladas de ajuda humanitária, incluindo alimentos e remédios.

Em Mossul, a luta para a retomada da cidade continua, caminhando para exterminar com o “califado” do grupo extremista. Forças internacionais estão colaborando com a liderança iraquiana. Os cristãos continuam em sua “batalha de oração”, acreditando em dias melhores, com o retorno da estabilidade e da paz.

Leia também
Festival do Regresso para cristãos iraquianos
Como fica a igreja depois de tanta violência?


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE