Notícias do Iraque

| 03/01/2017 - 00:00


03-iraque-ruinas-cidade.jpg

A igreja no Iraque está na expectativa de que 2017 seja um ano de vitória em relação ao posicionamento do governo contra o Estado Islâmico (EI). Os últimos dois anos foram difíceis, quando a nação enfrentou os ataques mais violentos dos extremistas. Milhares de pessoas morreram e há muitas famílias vivendo deslocadas.

O EI atacou um posto de controle da polícia iraquiana, perto da cidade de Najaf, no sul do país, no primeiro dia do ano, matando sete policiais. A cidade curda de Erbil vai receber ajuda da França que vai entregar mais de 38 toneladas de ajuda humanitária, incluindo alimentos e remédios.

Em Mossul, a luta para a retomada da cidade continua, caminhando para exterminar com o “califado” do grupo extremista. Forças internacionais estão colaborando com a liderança iraquiana. Os cristãos continuam em sua “batalha de oração”, acreditando em dias melhores, com o retorno da estabilidade e da paz.

Leia também
Festival do Regresso para cristãos iraquianos
Como fica a igreja depois de tanta violência?


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE