Nova convertida é agredida e precisa de orações

| 17/11/2016 - 00:00


17-tajiquistao-mulheres-orando

Sitora* tem 17 anos e vive no Tajiquistão. Em abril de 2016, ela aceitou Jesus Cristo como seu salvador numa igreja local e em junho ela foi batizada. Em agosto, seu próprio irmão a agrediu violentamente. Ela conta que ele é muçulmano e que numa noite passou a questioná-la sobre sua fé, perguntando se ela realmente acreditava em Jesus.

Percebendo que ele estava drogado, ela tentou fugir do assunto, mas não foi possível então declarou que sim, que acredita em Jesus e que pretende viver o resto de sua vida com ele. Essa informação deixou seu irmão extremamente furioso. Em seguida, ele pegou um cabo de madeira a passou a bater nela.

Sitora está com o corpo repleto de hematomas, teve o nariz quebrado e seu rosto está bastante machucado e inchado. Seu irmão não deixou que ninguém a levasse para o hospital e ameaçou toda a família dizendo que se alguém a socorresse, ele faria o mesmo o que fez com ela. Até o momento, não se sabe se Sitora poderá voltar a andar. Seu irmão insiste que ela retorne ao islã.

*Nome alterado por motivos de segurança.

Pedidos de oração

  • Ore pela restauração de Sitora e que ela não tenha consequências graves por conta da violência de seu irmão.
  • Interceda e peça providências a Deus para que ela receba cuidados médicos e que, de alguma forma, alguém possa interferir nessa situação.
  • Ore também pelos familiares de Sitora, que eles sejam impactados pelo amor de Cristo e que seu irmão se arrependa do que fez e possa ter sua mente e seu coração convertidos ao Senhor. Peça a Deus por milagres.

Leia também
Jovens não podem mais participar de atividades religiosas
Nenhum extremismo favorece a liberdade religiosa


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE