O impacto da vida do Irmão André

Descubra como a atuação do Contrabandista de Deus afetou diversas pessoas

| 29/09/2022 - 08:00

O fundador da Portas Abertas começou o ministério com o contrabando de Bíblias

O fundador da Portas Abertas começou o ministério com o contrabando de Bíblias


Em 1955, o Irmão André iniciou seu trabalho de contrabando de Bíblias para os cristãos perseguidos. Desde então, ele viajou por muitos lugares anunciando o evangelho de Jesus Cristo e levando a causa da Igreja Perseguida. A vida dele impactou milhares de vidas, entre eles muitos líderes cristãos. Confira o depoimento de homens e mulheres de Deus sobre o fundador da Portas Abertas.


“Durante todos os anos que viajei com ele, sempre fui desafiado por como ele era ‘um homem de um livro’, a Bíblia. Ele não apenas lia alguns versículos; lia muitos capítulos por dia. Ele me mostrou a importância de investir tempo na leitura da palavra diariamente.”
 

Johan Companjen, presidente fundador da Portas Abertas Internacional



“Eu tinha apenas 27 anos quando ouvi Irmão André pela primeira vez e minha vida foi transformada. Isso foi em maio de 1971. Sua mensagem me fisgou e fui pego por sua paixão pela Igreja Perseguida. Seu lema era ‘fé em Deus’. Ele prometia coisas às pessoas que nunca cumpriria se Deus não respondesse.”
 

Deryck Stone, pastor fundador da Portas Abertas Internacional (falecido em 2011) 

 
“O Irmão André sempre será um herói da fé para mim. Desde a primeira vez que o vi na televisão nos anos 1970 até a minha última visita ao seu escritório na Holanda, ele permaneceu o mesmo homem humilde, engraçado, de oração, modelo radical de simples obediência ao mestre. Como ele imaginaria que sua disposição de viajar por detrás da Cortina de Ferro em 1955 mudaria tantas vidas, inclusive a minha?” 

Jeff Taylor, ex-CEO da Portas Abertas 


“A melhor forma de caracterizar o Irmão André é com o título do livro que ele mais amava depois da Bíblia, a devocional de Oswald Chambers, chamada ‘Tudo para ele’. Isso resume por que Irmão André era quem era e fez o que fez.”
 

Ron van der Spoel, pastor na Holanda 

“O Irmão André é meu herói há cerca de 40 anos. Viajamos juntos no ministério aos cinco continentes. Ele foi um dos líderes mais corajosos, piedosos e visionários que conheci. Fui ensinado por esse homem de grande profundidade espiritual por meio de suas palavras, seus feitos e sua vida.” 

Loren Cunningham, fundador da JOCUM

“Ao longo dos anos difíceis, a Portas Abertas forneceu uma corda salva-vidas para milhões de cristãos que os canais oficiais raramente puderam satisfazer, se alguma vez o fizeram. Minha relação pessoal com André sempre foi calorosa e produtiva, e foi consolidada ao longo dos anos.” 
Michael Bordeux, Keston College 

  



“O Irmão André é um amigo que conheço há mais de 40 anos. Eu tive o privilégio de traduzir vários de seus livros para o árabe. Sempre fui muito tocado pelos ensinamentos que tirava das passagens bíblicas. Ele também me impressionou com a clara mensagem que carregava em seu coração para a Igreja Perseguida.”
 

Menes Abdul Noor, ex-pastor da igreja Kasr el Dobara, no Cairo, Egito (falecido em 2015) 

“O Irmão André é um dos meus grandes heróis da fé. Quando Gaza estava tomada e muitos estavam fugindo do perigo, encontramos Irmão André no nosso meio, buscando encorajar os cristãos perseguidos em Gaza. Quando nenhum cristão estava disposto a falar com os líderes do Hamas em Gaza, ele foi o primeiro a fazê-lo, sem abrir mão de sua fé.” 

Hanna Massada, pastor da Igreja Batista de Gaza por 12 anos e fundador da Missão Cristã de Gaza  

“Acreditamos que o Irmão André fez isso porque ele foi tocado pelo amor de Deus. Deus operou um milagre por meio dele ao contrabandear um milhão de Bíblias para a China. Mas sabemos que não existe show de um homem só na família de Deus. A grande tarefa não poderia ser cumprida pelo Irmão André sozinho. Tem que haver muitos, muitos Irmãos Andrés, grandes e pequenos, que juntos levam o fardo.” 

Pastor de uma igreja doméstica na China que esteve profundamente envolvido no Projeto Pérola 

“Livros sempre me atraíram e quando comecei a ler ‘O Contrabandista de Deus’, não parei. E não sei explicar tudo que aconteceu em minha vida, enquanto lia e mesmo depois de ler o livro todo. Deixo aqui minha gratidão por ter impactado e continuar impactando a minha vida e de tantas outras pessoas.” 

Elmira Pasquini, fundadora da Portas Abertas no Brasil 

“O Irmão André é uma das pessoas que mais influenciaram a igreja no século 20. Sempre liderou por meio do exemplo e sua iniciativa ministerial foi determinante em minha vida, já que, há mais de 30 anos, atuo em tempo integral na missão originada pelo Irmão André. Glória a Deus pela vida desse servo.” 

Douglas Monaco, diretor de campo da América Latina 

“Desde minha juventude ouvia falar do tal ‘Contrabandista de Deus’, mas jamais imaginei fazer parte deste movimento criado por ele: a Portas Abertas. O Irmão André é um homem de oração, tem um bom humor incrível e só de passar ao lado dele a gente fica alegre. Sim, nós temos heróis da fé nos tempos modernos!” 

Carlos Nomoto, presidente do Conselho da Portas Abertas no Brasil 

“Somos imensamente gratos pela vida, exemplo e legado do nosso querido irmão André. Saber que ele não estará mais conosco nos deixa com o coração pesado e triste. Por outro lado, temos o desafio e a responsabilidade de continuar o seu trabalho de apoio à Igreja Perseguida. Ele mesmo disse: Todo cristão que sofre por causa de sua fé deve ser lembrado e apoiado por outros cristãos. Enquanto existir um cristão preso por sua fé em Jesus Cristo, eu não sou livre.

Marco Cruz, secretário-geral da Portas Abertas Brasil

 


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2023 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco