Ore pela cristã Gulya da Ásia Central

Gulya teve que sair de casa por ser cristã

| 08/07/2022 - 16:30

Família e vizinhos muçulmanos pressionam cristãos na Ásia Central (foto representativa)

Família e vizinhos muçulmanos pressionam cristãos na Ásia Central (foto representativa)


Gulya (pseudônimo) é uma cristã na Ásia Central que se converteu recentemente. "Recebi um pequeno grupo de estudos bíblicos em nossa casa e comecei a frequentar a igreja em uma vila próxima”, ela compartilha. A vida dela foi transformada por Jesus e ela buscou aprender mais do Senhor a cada dia. 


Pouco tempo depois, os vizinhos descobriram a conversão de Gulya e não respeitaram a decisão dela. “Meus vizinhos queriam que eu fosse à mesquita a todo custo e me pressionavam para fazer as orações islâmicas cinco vezes ao dia. Meu marido e filhos também começaram a me pressionar para negar Jesus”.
 


Um dia, o marido de Gulya ficou embriagado e começou a agredi-la. Além disso, os filhos ficam vigiando a mãe e proibiram que ela participasse dos estudos bíblicos e dos cultos na igreja. "A vida se tornou insuportável para mim. Às vezes conseguia sair escondida e ir para a igreja enquanto meu marido bebia”, relata. Por causa da pressão da família, Gulya fugiu para a casa de uma amiga e não pode voltar para casa.  
 


“Por favor, ore por mim. Está muito difícil. Por causa do estresse, tive problemas com a pressão alta. Peça a Deus que me ajude e que meu marido e filhos sigam Jesus. Agradeço a Portas Abertas por providenciar a cesta de alimentos. Eu não tenho renda própria, portanto não tinha como comprar os itens básicos. Obrigada!” 
 


Ajuda para quem mais precisa 


Você pode ajudar cristãos perseguidos como Gulya. Com uma doação, as necessidades urgentes da Igreja Perseguida, sejam alimentos, remédios ou treinamento para a perseguição, podem ser supridas.
 




Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE