Ore pela pequena igreja nas Maldivas

| 24/01/2017 - 00:00


24-maldivas-homens-na-praia
Foto ilustrativa

Parece que os cidadãos maldivos estão sustentando cada vez mais o crescente conservadorismo islâmico. Recentemente, uma escola aderiu a um material didático (livros de estudos sociais), onde tinha uma página com ilustrações de igrejas cristãs. Pais de alunos protestaram. Os livros foram introduzidos pela nova gerência da Gateway International School sem a aprovação oficial do ministério apropriado junto ao governo.

Um site de notícias local acusou a escola de ser “uma porta de entrada para transformar os maldivos em cristãos”. “Se algumas simples imagens de igrejas em livros foram vistas como uma forma de promover o cristianismo, então isso mostra bem como o preconceito está arraigado na maioria muçulmana e o quanto os cristãos são rejeitados em sociedade”, comenta um dos colaboradores da Portas Abertas.

Sabe-se que cristãos expatriados e indígenas são ainda mais perseguidos. O país continua ocupando o 13º lugar na Lista Mundial da Perseguição e o governo se orgulha ao dizer que tem uma população que é composta por 100% de muçulmanos. Em suas orações, lembre-se da pequena igreja nas Maldivas e interceda pelos cristãos perseguidos que vivem lá.

Leia também
Igreja cresce sem chamar a atenção das autoridades
Cristãos podem ser ainda mais pressionados


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE