Os caminhos de Deus no Ramadã

A pressão para os cristãos ex-muçulmanos aumenta no mês do jejum islâmico, mas isso não impede o agir de Deus

A Revista Portas Abertas de maio é dedicada a explicar para você por que o Ramadã importa para os cristãos perseguidos. Certamente, o mês do jejum islâmico representa um desafio para nossos irmãos que vivem em contexto de maioria muçulmana, pois são vistos como infiéis e podem sofrer represálias da família ou comunidade por não jejuarem.

Por outro lado, você se surpreenderá ao ver testemunhos do agir de Deus durante o Ramadã. Ao mesmo tempo em que é um período de opressão, o mês de jejum também tem se tornado um tempo de salvação, de intercessão, de compartilhar o amor de Deus e até de fortalecimento para nossos irmãos, que veem o cuidado do pai nesse período.

Isso é o que acontece com cristãos que fazem parte de um grupo de discipulado na Indonésia. Eles são incentivados e treinados para compartilhar o amor de Deus de forma prática durante o Ramadã e têm colhido os frutos disso. Fica o convite para você fazer parte desse projeto, doando para a campanha de discipulado de cristãos ex-muçulmanos na Indonésia.

Na revista, você poderá ser edificado lendo o devocional, saberá como enviar uma carta ou desenho através das nossas campanhas de cartões para cristãos perseguidos e também poderá conhecer um pouco mais sobre a Arábia Saudita, que é o berço do islamismo e também a terra das cidades sagradas do islã: Meca e Medina. Acompanhe também os pedidos diários de oração no Vamos Orar e os próximos eventos da Portas Abertas, como as viagens à Colômbia e México.

Receba a revista em casa

Se você ainda não assina a revista, não perca esta oportunidade de ficar ainda mais conectado à Igreja Perseguida. Com uma doação de apenas R$ 39,00, você receberá a revista por 12 meses na sua casa, abençoando os cristãos perseguidos e sendo edificado com os testemunhos de fé deles. Assine agora mesmo!