Pastor e esposa são feridos em ataque na Índia

Nacionalistas hindus radicais atacaram o casal em casa

No dia 22 de abril, um pastor e a esposa dele estavam orando em casa, na aldeia Sitamahri, na Índia, quando os quatro irmãos do líder e um aldeão chegaram e forçaram a entrada na casa com um martelo. Os cinco homens atacaram o casal e bateram neles. Outro cristão que estava no local também sofreu ferimentos graves.

Durante o ataque, um grupo de partidários de Bajrang Dal, a ala militante do grupo nacionalista hindu Vishwa Hindu Parishad, se reuniu do lado de fora da casa. Um vídeo gravado do ataque, capturado por uma câmera na casa do pastor, foi entregue ao líder local Arun Singh, do partido BJP. 

O pastor, que é deficiente físico desde a infância, recebe ameaças desde 2018 por causa do trabalho entre os mais pobres da casta dalit. Em um incidente, ele foi avisado de que, se ele quisesse ficar na aldeia, deveria se converter ao hinduísmo. 

Depois que ele foi atacado por uma multidão no ano passado, o líder da igreja apresentou uma queixa à polícia. Mas, até agora, nada foi feito para apurar o incidente. "A falha da polícia local em investigar alegações de intolerância religiosa e perseguição e a falha em apresentar queixas criminais criaram um ambiente de impunidade para os agressores", afirma um relatório da Portas Abertas sobre a posição dos cristãos na Índia.

Propaganda e instilação do medo

Grupos nacionalistas hindus como o Vishwa Hindu Parishad e a ala militante Bajrang Dal forçam os indivíduos a se converterem de volta ao hinduísmo nas chamadas cerimônias ghar wapsi, ou "homecoming" – em português, “regresso à casa”.

Os grupos usam métodos que incluem propaganda e instilação do medo. Por exemplo, exageram o número de pessoas que participam de tais cerimônias; reciclam notícias de eventos anteriores nas mídias sociais para criar a impressão de que a agenda nacionalista hindu está progredindo; e assediam cristãos convertidos a alegar que tinham sido seduzidos para se converter ao cristianismo.

 Pedidos de oração