Presenteie cristãos ex-muçulmanos com evangelismo e discipulado

Fortaleça os quenianos que perderam tudo por amor a Jesus neste Natal

Alguns países de maioria muçulmana até aceitam uma comunidade cristã, desde que ela fique voltada para si mesma e não ouse compartilhar Cristo com os seguidores de Maomé. Mas quando o cristão é ex-muçulmano, ele não é bem visto por boa parte da sociedade. A perseguição pode acontecer de diversas maneiras, alguns perdem os empregos, são agredidos, forçados a casar, cristãs perdem maridos e filhos, outros enfrentam até a morte por amor a Jesus.

Madina* é uma mulher da tribo uigur que experimentou a opressão dos próprios familiares, na Ásia Central. Eles começaram amaldiçoando, ameaçando e a acusando pela morte da mãe. Quando era viva, a mãe da cristã suportava a filha e a fé dela. Sem ter para onde ir após a perda, os parentes não deixaram que ela ficasse na casa da mãe.

Eles também responsabilizaram Madina por enviar o filho mais velho para um seminário cristão. Atualmente, ela vive em um apartamento alugado com dois filhos pequenos. Todo o desamparo e a pressão da família causou sérios problemas na saúde da irmã. Interceda pela cristã, para que o Senhor renove as forças dela e a surpreenda com amor e fidelidade . 

Presentes de Esperança

A Portas Abertas convida os irmãos e as irmãs do Brasil para dar Presentes de Esperança neste Natal. O objetivo é acolher cristãos ex-muçulmanos que perderam tudo por causa de Cristo. No Quênia, os novos discípulos de Jesus passam por situações semelhantes à de Madina. Faça uma doação e torne possível a evangelização e o discipulado dos cristãos quenianos

*Nome alterado por segurança.