Príncipe Charles visita a Nigéria, mas não vai a Jos

Segundo porta-voz, ele foi aconselhado pelo próprio governo nigeriano a não ir à região de conflito

| 14/11/2018 - 00:00

Cristãos de Jos se sentem desamparados pelo governo e contam com nosso apoio

Cristãos de Jos se sentem desamparados pelo governo e contam com nosso apoio


Em visita ao Oeste Africano, o príncipe Charles do Reino Unido e sua esposa, Camilla, chegaram na capital Abuja no dia 6 de novembro. Era esperado que viajassem para a cidade de Jos, capital do estado de Plateau, na quinta-feira (8) para discutir o processo de paz e resolução de conflitos na região. No entanto, um porta-voz do governo britânico anunciou: “Devido a restrições operacionais além do nosso controle, decidimos não incluir Jos na visita real à Nigéria. A decisão foi tomada em consideração ao conselho do governo nigeriano e outros envolvidos na segurança e aspectos operacionais da visita”.

Em resposta à decisão, um líder cristão de Jos disse: “Gostaríamos que o príncipe Charles visitasse Jos para ouvir diretamente dos cristãos afetados pela violência. Mas fomos destituídos dessa oportunidade de conscientizar uma proeminente figura mundial sobre nossa luta”. A violência continua em Jos e outros vilarejos do Cinturão Médio. Embora hajam fatores socioeconômicos que geram a violência, há aspectos religiosos que permanecem sem reconhecimento pela mídia internacional. Cristãos dizem que o governo não os protege e culpam o governo de partidarismo imediato, tomando partido dos fulanis.

Não fique indiferente
Além dos ataques causados por pastores de cabra fulanis, cristãos na Nigéria também são alvo do Boko Haram. Como nossa irmã Esther, uma jovem que foi sequestrada pelo grupo terrorista islâmico. No cativeiro, ela foi abusada várias vezes e engravidou. Ao ser resgatada, enfrentou o preconceito de seu vilarejo contra ela e a filha, Rebecca. Esther passa por aconselhamento pós-trauma e é apoiada pela Portas Abertas. Você pode mostrar para Esther que ela não está sozinha nessa luta. Escreva um cartão de encorajamento e envie palavras de amor a ela.

Leia também
Mulher escapa do cativeiro do Boko Haram
Líder político sequestrado foi encontrado morto
Cristãos deslocados da Nigéria recebem provisões
Jovem vê dez pessoas da família serem mortas em ataque


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE