Provisão de Deus a uma família nigeriana

| 06/02/2017 - 00:00


06-nigeria-campo-de-refugiados

Na Nigéria, o 12º país na Lista Mundial da Perseguição 2017, muitas famílias cristãs estão vivendo deslocadas porque suas terras foram totalmente devastadas pela guerra. O grupo extremista Boko Haram é responsável por inúmeros ataques violentos contra a igreja no país e contra o próprio governo, já que planeja criar um Estado Islâmico por lá. Sequestros e assassinatos são ações comuns com os cristãos nigerianos.

Muitas vezes, a situação é tão ruim que eles chegam a duvidar da provisão de Deus. Na revista Portas Abertas desse mês, há um caso que ilustra bem essa situação. “Um dia eu disse aos meus filhos que não sabia mais o que fazer e talvez fosse melhor que eu os deixasse sob os cuidados de alguém que pudesse cuidar melhor deles”, conta Doregne, uma viúva cristã.

Ela lembra que sua filha adolescente decidiu orar e jejuar durante dois dias. Após esse período, Doregne recebeu um telefonema importante e foi convidada a se encontrar com um colaborador da Portas Abertas juntamente com outras viúvas. Na ocasião, ela recebeu ajuda, encorajamento, alimentação e dinheiro para as despesas escolares dos filhos e para o aluguel da casa onde moram. “Deus respondeu as orações da minha filha e eu não consegui conter minhas lágrimas. Pedi perdão a ele por ter duvidado de suas promessas”, conclui.

Juntos pela África
Os cristãos de alguns países da África Subsaariana enfrentam uma das piores perseguições de sua história. No dia 11 de junho, data escolhida para o Domingo da Igreja Perseguida 2017, juntos faremos mais pelos nossos irmãos dessa região.
Saiba mais  



Leia também
Igreja nigeriana enfrenta a pobreza extrema
Região cristã está sendo atacada
Veja mais sobre Doregne e saiba como ajudar
Já recebe a Revista Portas Abertas?


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE