Ramadã é encerrado sem ataques em massa a cristãos

Seguidores de Jesus se comprometeram a orar pelos irmãos na fé e muçulmanos ao redor do mundo

| 02/05/2022 - 08:00

Cristãos ao redor do mundo oraram durante o Ramadã tanto pela família na fé como pelos muçulmanos (foto representativa)

Cristãos ao redor do mundo oraram durante o Ramadã tanto pela família na fé como pelos muçulmanos (foto representativa)


Ontem, primeiro de maio, foi o encerramento do Ramadã para milhares de muçulmanos que vivem no mundo. A data foi celebrada com grandes banquetes, onde familiares, vizinhos e amigos foram convidados para finalizar o jejum.

Pela graça de Deus, a Portas Abertas não recebeu informações de ataques em massa no Ramadã 2022. Outro motivo para os cristãos brasileiros celebrarem é que não aconteceram incidentes na Páscoa contra os seguidores de Jesus, como nos anos anteriores.

Agradecemos a todos que reservaram um tempo para orar pelos cristãos perseguidos no período e pelos muçulmanos, para que tenham um encontro com Jesus.

O que foi o Ramadã?

Anualmente, os seguidores de Maomé jejuam de comida e água durante o nascer até o pôr do sol e oram por 30 dias. O Ramadã acontece no nono mês do calendário islâmico para comemorar a primeira revelação que o profeta recebeu do Alcorão.

Durante esse período, os cristãos perseguidos que vivem em países de maioria islâmica costumam enfrentar mais pressão e violência. Já que os muçulmanos costumam se sentir mais unidos e comprometidos com os princípios e valores da religião, que trata os de diferentes crenças como infiéis.

Muitos cristãos aproveitam a data religiosa para testemunhar o amor de Deus. Em países como Indonésia, por exemplo, os seguidores de Jesus servem os muçulmanos nas necessidades básicas. Em uma das ocasiões, repartiram água limpa que tinham com os vizinhos e doaram roupas para quem precisava.

Outros jantam nas casas dos seguidores de Maomé para estreitar o relacionamento e testemunhar o amor de Deus. O objetivo é que eles entendam que todo o sacrifício que façam não é capaz de garantir um lugar no céu, somente o sacrifício de Jesus na cruz.

Pedidos de oração

  • Agradeça a Deus pela proteção que ele deu aos cristãos perseguidos durante a Páscoa e no período do Ramadã.
  • Interceda para que os cristãos tenham sabedoria e amor para compartilhar sobre Jesus com os muçulmanos ao redor.
  • Clame para que a semente do evangelho lançada em muitos corações cresça e frutifique.
  • Ore para que os muçulmanos que tiveram sonhos e visões com Jesus encontrem homens e mulheres de Deus para compartilhar o evangelho com eles.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE