Revista Portas Abertas: mais de 40 anos sobre a Igreja Perseguida

Entenda a importância da revista na mobilização das igrejas brasileiras

| 25/07/2022 - 16:30

As primeiras revistas chamavam "Portas Abertas com o Irmão André"

As primeiras revistas chamavam "Portas Abertas com o Irmão André"


Em 2022, a Revista Portas Abertas chega ao ano 40 focada em seu propósito de informar e mobilizar os cristãos brasileiros em favor da causa da Igreja Perseguida.

Todos os meses, os parceiros recebem a publicação, são encorajados pelos testemunhos de irmãos e irmãs e ficam por dentro das principais notícias que acontecem nos 50 países elencados na Lista Mundial da Perseguição.

Quando foi publicada a primeira Revista Portas Abertas?

A primeira edição foi publicada em 1979 com o nome de “Portas Abertas com o Irmão André”. Já naquela época, a perseguição aos cristãos russos e chineses era uma preocupação. Além disso, o editorial foi especialmente escrito pelo Irmão André, fundador da Portas Abertas.

Nos anos 1990, a Portas Abertas foi atingida pela crise econômica e ficou sem verba para publicar e enviar a revista aos parceiros. Entretanto, Douglas Mônaco, secretário-geral na época, decidiu enviar ao menos o calendário de oração e algumas notícias para os cristãos brasileiros.

Em quais países havia perseguição nas primeiras edições da Revista Portas Abertas?

Além de Rússia e China, países como México, Irã, Vietnã, Turquia e Cuba já eram perigosos para os cristãos. Isso porque a divisão do mundo entre capitalismo e socialismo estava em seu auge. Além disso, havia textos do Irmão André contando sobre as viagens que fazia para visitar irmãos e irmãs perseguidos.  

Os cristãos brasileiros já doavam para projetos da Portas Abertas?

Os parceiros da Portas Abertas já oravam e contribuíam para o fortalecimento dos cristãos perseguidos. Na revista de junho de 1981, os brasileiros foram convidados a participar do Projeto Pérola na China. Eles puderam contribuir para que um bilhão de Bíblias fossem compradas. Veja a resposta do Irmão André à generosidade da igreja brasileira: “Estou contente em declarar que milhares de Bíblias do Projeto Pérola estão agora sendo lidas por cristãos agradecidos em toda a China”. 

Qual a importância da Revista Portas Abertas para o trabalho no Brasil?

As histórias reais de cristãos perseguidos tornam a publicação relevante tanto para que outros cristãos conheçam essa realidade, como para a divulgação do trabalho feito para fortalecer a Igreja Perseguida. Ela sempre será um material de apoio e engajamento aos que estiverem dispostos a apoiarem os irmãos hostilizados por seguir a Jesus.

“Continuamos primando pela excelência e qualidade da informação, acreditando que, assim, os mais de 38 mil parceiros podem ser um com milhões de cristãos perseguidos no mundo. É por meio da revista que o cristão brasileiro abre sua casa e seu coração à causa da Igreja Perseguida”, conclui o secretário-geral atual da Portas Abertas, Marco Cruz.

Assine a Revista Portas Abertas

Além de se tornar um parceiro automaticamente, você receberá durante 12 meses a Revista Portas Abertas. Faça sua assinatura e fique por dentro das principais notícias da Igreja Perseguida. 


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE