Série Faces da Perseguição: pastor sírio decide ficar no país mesmo em meio à guerra

Mesmo diante dos riscos da guerra e ameaças de grupos extremistas, pastor Edward continua seu ministério na Síria

Edward é pastor em Damasco, na Síria. Em meio à guerra civil, que já dura 9 anos, ele e a esposa, Rana, tentam ajudar os necessitados, afinal, a população é a mais atingida pela guerra. Milhares de pessoas foram mortas e milhões fogem, buscando refúgio no exterior ou simplesmente vagando pelo país. Muitos dos atingidos são cristãos, que não sofrem apenas por causa da guerra, mas são alvos de ataques islâmicos.

Pastor Edward compartilha que mais da metade dos membros da igreja deixaram o país, principalmente pessoas com crianças pequenas ou homens jovens, que não veem para si mais futuro nenhum na Síria. “Depois que a guerra começou, descobrimos que o Senhor nos preparou para essa situação especial. O centro médico que abrimos antes da guerra, em 2006, agora é fundamental. Ele ajuda mais de 1,5 mil pessoas no subúrbio todo mês. A igreja aberta na periferia também é uma grande bênção, especialmente para os refugiados. E as pessoas que preparamos assumiram diversas posições. Por isso, nós agradecemos a Deus por tudo. É muito instigante ver e entender como Deus nos preparou para este tempo.”

Sobre o apoio da Portas Abertas, pastor Edward crê que isso permite que a igreja realmente atenda às necessidades das pessoas e, ao mesmo tempo, leve essas necessidades para as amorosas mãos de Jesus. Segundo ele, isso tem aberto portas e por isso acredita que um dia verão resultados, mesmo que não os vejam neste exato momento. Por um lado, a situação é muito dolorosa, eles choram com as pessoas e sofrem com elas. Mas, ao mesmo tempo, veem o trabalhar do Senhor. A força de Deus os ajuda a fazer com que mais pessoas aceitem a Jesus.

“Deus nos deu a graça de amar todas as pessoas. Sabemos que o nosso dever e maior tarefa agora é amar a todos, pois se não fizermos isso, não há nenhum sentido em ajudá-los. E se nós não queremos ajudá-los, não há nenhum sentido em pregar o evangelho. Assim, o amor é essencial se a igreja realmente quer ser útil em nosso país. Nós não perdemos a esperança. Sabemos que Jesus permanece o mesmo que muda corações e transforma os maiores pecadores em homens de Deus”, conclui.

Série de documentários
A história do pastor Edward faz parte da série Faces da Perseguição. Esse é o testemunho do terceiro episódio. A primeira temporada apresenta 12 histórias de cristãos perseguidos em diversos países no mundo. O objetivo da série é aproximar a igreja brasileira da realidade da perseguição. O melhor é que você pode receber os episódios com exclusividade, antes da publicação oficial, apenas fazendo um cadastro. Confira qual será a próxima história.

Mude a vida de cristãos perseguidos
Como Edward e outros cristãos sírios foram impactados pelo trabalho da Portas Abertas, você pode continuar transformando a vida de muitos outros irmãos e irmãs perseguidos em diversos países. Ao fazer uma doação, os recursos levantados serão direcionados para as necessidades de maior urgência no campo. Além disso, com isso você se torna um parceiro e recebe de presente a assinatura da Revista da Portas Abertas durante 15 meses.