O mundo visto através de olhos apocalípticos

| 15/05/2004 - 00:00


Uma das coisas que aprendemos com os cristãos perseguidos é olhar para o mundo através de olhos apocalípticos. Um pastor americano teve uma conversa esclarecedora com um pastor chinês a respeito deste assunto. Um dos colaboradores percebeu esta conversa e eu gostaria de recomendá-la a você.

Pastor Americano (PA): Que livro da Bíblia é mais precioso para você?

Pastor Chinês (PC): Bem, provavelmente o livro de Apocalipse porque.

PA: . porque o seu sofrimento lhe faz anelar o fim do mundo, o retorno de Cristo e Sua vitória?

PC: Isso também, mas nós não tomamos o livro de Apocalipse como uma descrição do modo que o mundo terminará, mas também o vemos como uma descrição de como o mundo está agora.

PA: Sim, nós realmente estamos vivendo os Últimos Dias!

PC: Não, eu quero dizer que nós sempre estamos vivendo nos Últimos Dias. Quando eu digo que Apocalipse é uma descrição do modo que o mundo está atualmente, eu quero dizer que este é o modo que o mundo sempre esteve, do momento que Cristo morreu na Cruz, e também tanto para você nos Estados Unidos como para mim na China.

PA: Eu não estou lhe entendendo. Apocalipse é um livro que nos fala de como o mundo terminará.

PC: E eu estou lhe falando que também é uma descrição do modo que o mundo está agora. Isto tem se tornado evidente através do sofrimento na China. Certamente, a prosperidade tem lhes escondido este fato nos Estados Unidos. Veja bem: nós tivemos um César aqui na China, chamado Mao, e ele - como o César do período da igreja primitiva - exigiu coisas que não eram somente de César, mas também de Deus. Como em Apocalipse, ele usou uma Besta para coagir-nos e um Falso Profeta para enganar-nos. Quando resistimos a esta idolatria como o testemunho do Cordeiro, fomos mortos e aprisionados. Desta forma, percebemos que o livro de Apocalipse é uma descrição da guerra espiritual que sempre prossegue em qualquer sociedade.

PA: Mas, isto não está ocorrendo nos Estados Unidos atualmente. Você diz que isto ocorre nos Estados Unidos e não podemos enxergar. O que você realmente quer dizer?

PC: Bem, este conflito é óbvio para nós na China. Vocês não poderiam deixar de perceber que Mao estava se colocando como um ídolo e exigindo que fosse adorado. Então, o véu foi retirado e nós conseguimos ver o mundo com ele realmente é - um lugar onde ídolos estão exigindo nossa adoração. Contudo, isto não é óbvio para vocês nos Estados Unidos, porque acontece de forma mais sutil.

PA: Mas, talvez isto não esteja acontecendo? Veja bem: nós somos um país cristão, ou éramos, de qualquer modo.

PC: Eu posso lhe dizer que existem muitos Césares e ídolos na sua sociedade e, até mesmo, na sua igreja. E, há falsos profetas lhe dizendo que a idolatria é bíblica e as bestas estão os coagindo. Por exemplo, seu César pode não ser necessariamente uma pessoa, mas uma idéia. Nós tivemos um jovem que viveu com uma família americana por um ano enquanto estava estudando. Eles eram amáveis e generosos, mas ele percebeu algo neles - eles sempre estavam exaustos. Os pais trabalhavam arduamente apesar de possuírem muito dinheiro. Eles tinham três carros, duas casas, sociedades em dispendiosos clubes de campo e, segundo o que ele pôde perceber, eles dedicavam somente o mínimo para o trabalho do Senhor. Eles nunca lhe fizeram pergunta alguma a respeito da igreja chinesa. Simplesmente presentearam-lhe com um envelope contendo 20 dólares no final de sua estada. Em suas palavras, ele afirmou, Eu sinto muito por eles. Eles acreditavam que eram livres. Mas, na verdade, são escravos. Eles estavam caindo de exaustos porque eles tinham que viver para algo chamado o sonho americano. Perceba que certamente há um diabo, existem ídolos que ameaçam levar a adoração que pertence a Deus. Alguns destes ídolos são óbvios - a perseguição é uma forma de forçar-nos a nos prostrar a eles, então, nós ao menos podemos ver quem eles realmente são. Entretanto, se você não tiver o sinal da perseguição, você pode se encontrar prostrando-se, nem mesmo percebendo. O conflito descrito no livro de Apocalipse ainda continua. A perseguição acordou-nos para perceber esta realidade. Entretanto, a prosperidade nos cega para percebe-la.

PA: Hum, se o que você diz é verdade, então o consumismo pode ser um assassino mais eficaz da fé do que o próprio comunismo.

PC: Isto é o que nós tememos na China, que nós percamos nossos olhos apocalípticos e fracassemos em perceber as mesmas forças de conflito e idolatria no consumismo, que eram tão óbvias no comunismo.

Como este pastor americano, todos os cristãos ocidentais precisam permitir que a igreja perseguida remova nossas vendas. Que nós possamos aprender com eles a fazer as escolhas certas em nossas vidas, a sermos dedicados em servir ao Senhor na alegria ou na dificuldade e usar nossa liberdade para estarmos na brecha pelos cristãos perseguidos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE