Uma criança morreu e sua mãe ficou ferida em ataque no Sudão

| 29/05/2015 - 00:00


29_Sudan_0380006213

Uma bomba da Força Aérea do Sudão, nesta segunda-feira (25), matou uma menina de três anos de idade e feriu sua mãe, que era cristã, em sua própria casa em Kauda.

""Neste momento, os aviões estão voando sobre a área, causando uma série de pânico entre a população"", disse uma testemunha em Kauda. ""Ficou calmo por alguns meses, mas o bombardeio aéreo voltou e está causando medo entre as pessoas.""

Esses ataques têm sido organizados pelo governo sudanês desde abril de 2012. O total de morte de civis já subiu para 3.500. Desde a separação do Sudão do Sul em 2011, o governo sudanês tem pretende se livrar não só de rebeldes militarizados, mas também de cristãos que vivem no país islâmico, cada vez mais radicalizado.

Leia também
Um ano desde a sentença de Meriam, mas a perseguição continua a aumentar


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE