Uma grande ameaça para a igreja no México

| 05/04/2017 - 00:00


05-mexico-igreja-e-fieis

Um dos líderes da igreja no México forneceu uma nova visão sobre o tipo de perseguição que os cristãos na América Latina estão enfrentando em áreas controladas por cartéis de drogas. O pastor que pediu anonimato por razões de segurança disse a um dos colaboradores da Portas Abertas que “sem pagar tributos a eles” as igrejas não podem permanecer funcionando. Essa informação já foi divulgada em nosso site através de algumas matérias, entre elas Igrejas no alvo dos cartéis de drogas. Mas agora o líder dá novos detalhes.

“Os cartéis estão muito bem organizados e podem seguir todos os nossos movimentos. Não se pode ir a lugar algum sem proteção. Estamos falando de locais muito próximos à capital do país, o que significa que, o problema que costumava ser típico das cidades do norte, que fazem fronteira com os Estados Unidos, está se tornando um problema comum para todo o México”, explica. Infelizmente, segundo um dos colaboradores da Portas Abertas “a maioria dos casos não são relatados”.

“É uma das ameaças mais significativas para a igreja no México. De acordo com um funcionário do governo, apenas 10% dos casos são denunciados e formalmente levados ao tribunal”, disse ele. Muitas igrejas já foram fechadas pelos traficantes e vários pastores foram mortos. De acordo com pesquisas, “na última década, 31 líderes cristãos morreram em incidentes violentos com os cartéis de drogas”.

Leia também
O risco de pregar o evangelho no México
Cristãos mexicanos decidem reagir


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE